domingo, 19 de setembro de 2010


às vezes, quando o filme termina, eu tenho que chorar.
depois ficar em silêncio, chorar menos um pouco. respirar fundo, fechar os olhos e erguer a cabeça, olhando prá cima. sentir um rio. sorrir. chorar com sorriso nos olhos. como quem se apaixona, como depois do susto, como se entregar.

Um comentário:

Virgínia Mello disse...

Eu adoro a leveza das suas palavras!