quarta-feira, 30 de abril de 2008

a barata dançarina e a perereca espaçosa...

caralho, que noite essa minha viu... travei uma guerra psicológica comigo mesma e perdi. o fato é que uma horrorosa de uma barata dançarina passou a noite a rodopiar pela parede da minha cozinha, como se estivesse num salão de baile (juro, coisa mais esquisita, ela dançava mesmo). e não foi só. depois de VEDAR a porta do meu quarto dou de cara com a tal da perereca, muito da folgada, que habita não um só, mas todos os cômodos da minha casa já a algumas semanas e que resolveu passar essa noite no MEU quarto. o foda é que elas resolveram se fazer BEM visíveis, pq. se não fosse por isso, tudo bem. o que o olho não vê.... é aquela história. e agora estou eu, cá com sono e com uma puta olheira. fora a ressaca moral.... ridículas essas três!!!

Nenhum comentário: