quarta-feira, 25 de novembro de 2009

hoje.

hoje acordo de um sonho quente e de tema recorrente, sorrindo. e quase conto prá ele.
hoje tenho as narinas entupidas e a garganta coçando, caminho mais de uma hora no sol e acho até bom.
hoje vejo pela milionésima vez os três porquinhos nessa versão bregasinha que o tunico adora e adoro ver qualquer coisa com tunico, que se aprochega pertinho assim.
hoje converso com o maurício sobre previsões de sonhos realizados e os olhos brilham de esperança.
hoje encontro muitos tios e tias e eles não parecem tão assustadores prá mim. hoje sinto habitar o mesmo chão, compartilhar do mesmo ar, olhar nos olhos.
hoje passo pelo dia assim, fácil, como quem quase sabe o que faz e o que quer.
ainda sinto muita dificuldade em abraçar a minha mãe pelo seu aniversário. hoje.
e eu acho que sei mesmo.

3 comentários:

Ana... disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ana... disse...

Meu Deus!

Eu li bem? ocê escreveu "se aprochega"???? Ah não!
Desse jeito moça, vou ficar miguxa ao quadrado. eu amodoro gente q escreve assim!
Fica uma belezuuura!!!

obrigada a dizer " o moça q escreve lindo d+"!!!
aí eu chamo meu pepeto-do-socorrooooo!

(hahahhaha,é que sou bestinha mesmo rs),

Juliana Cruz disse...

sinto a mesma dificuldade, sempre. e quero um dia facil. desesperadamente.