segunda-feira, 8 de junho de 2009

entre os muros da escola.

"entre os muros da escola", de laurent cantet, frança, 2008.
.
tardiamente, fui ver. pedagoga que sou, não deu prá não se identificar. e não pensar uma vez mais, como a todo momento, que escolher determinados caminhos implica em aceitar a vocação de acolher o outro e, como no amor, aceitar o outro como um legítimo outro. todo o tempo.
assim disse maturana, assim digo eu.
e porra, que difícil!
não rola sem doação. sem comprometimento. sem sensibilidade. sem amor.
é piegas e chavão. mas não dá prá ser sem isso. educador é profissão de fé e coragem. muita.
belíssimo filme!!!! mil vezes belíssimo!!!!

5 comentários:

Eduardo Machado Santinon disse...

Esse filme é animal Paulete ! eu assisti faz uns dois meses, o Edu do Revide que gravou pra gente, é bonito mesmo, e cara do professor quando a doidinha diz que leu platão nas férias ? esse filme é foda, o cara é sangue bom, o professor, beijo aí.

CajadOmatic disse...

hum, nao vi esse filme ainda. Tenho problemas de deglutiçao com filmes franceses... mas vc disse: não rola sem doação. sem comprometimento. sem sensibilidade. sem amor.é piegas e chavão. depois conclui.

Temos vergonha de sentir amor ne?, temos que dizer que é piegas senao fica parecendo discurso de igreja, daqueles emails horripilantes com ursinhos e fadinhas, falando de amor.. pois é, banalizaram o sentimento sem compreende-lo ou exerce-lo... que pena. Mas é bom saber que vc tem, ta cada vez + raro gente que tem... esse sentimento ai... o piegas, aquele que tambem tenho mas nao confesso, este tal de amor.

paulete miletta. disse...

completou perfeitamente, sérgio.

Juliana Cruz disse...

ainda nao vi, mas verei.

Vinícius Vidal disse...

Tô baixando e vô ver. Adorei o blog.