terça-feira, 30 de junho de 2009

hoje a pina morreu.




eu sou boba boba. eu sei. mal começo a escrever e choro. é porque tem gente que não deveria morrer. olho a pina dançando e não consigo saber como pode ser essa beleza tanta, que não se entende, não cabe. não entendo nada de dança e tenho uma paixão que chora que ri que se arrasta e que dança com a pina pela dança da pina. ela era a mulher mais linda do mundo. ela dava ao mundo a beleza daquelas indizíveis, que o olho mal pode olhar. e eu, que contava as horas prá vê-la, em setembro e cansei de dizer que ela era o presente de aniversário mais lindo da minha vida, poder olhá-la, de perto, de verdade, sinto vontade de beijar suas mãos e, boba boba que sou, choro. mesmo. triste, triste.
eu queria saber postar um vídeo.

8 comentários:

marcela disse...

confesso que só soube quem era pelo jornal nacional.

Lubi disse...

ela é uma bela mulher.
é.
porque tem gente que não deve morrer.

um beijo e um abraço grande.

Katrina disse...

é, senti.

Solange Maia disse...

Adorei ter conhecido seu Blog.
Isso tudo aqui é bom demais.
Adorei sua capacidade de síntese, e a delicadeza com os fatos e os sentimentos.
Parabéns pela bela escrita.
Parabéns. parabéns !

Sabe que lendo sua postagem (mesmo sem vídeo) vi Pina dançar... lindo, lindo.

Beijo,

Solange Maia

Quando puder passe para conhecer o meu :
http://eucaliptosnajanela.blogspot.com

Solange Maia disse...

ah... virei sua seguidora !

Impossível não virar...

paulete miletta disse...

para solange: :), vou lá!

Cleyton disse...

divina ela, divina você.

Eduardo Araújo disse...

Eu postei, o Conrado Falbo também, o ponto.lucas, vejo aqui, você. É tudo igualzinho, nada entendendo, eu agora vejo os vídeos, e as fotos, e entendo tudo sem que esse entendimento passe pela razão. Movimentos e gestos que excedem. E sinto a falta, como quando morre alguém que entendia o mundo por meio do corpo no contra-movimento de outros corpos.