sexta-feira, 31 de julho de 2009

até chegar.


não se levante prá sair agora. eu também me sinto assim, mas vou ficar. vou ficar prá ver quando as luzes se acenderem. estarei atônita com a beleza que me fará calar e sorrir. um sorriso que não vai embora.

.

as bochechas rosadas. as árvores cheias de frutos. os pés no chão. e eu aqui. em pé e sorrindo. o sorriso que não vai embora.

.

quando eu não precisar mais pedir e puder oferecer. quando o sol vier. eu caminhando com certeza. e sorrindo o sorriso que não vai embora.

8 comentários:

Eduardo Machado Santinon disse...

Sabe aquelas coisas que a gente acha bonita e não consegue comentar ? então, eu canso de vivencia-las. E canso mais ainda de não comentar.

Juliana Cruz disse...

'quando eu não precisar mais pedir e puder oferecer. quando o sol vier. eu caminhando com certeza. e sorrindo o sorriso que não vai embora.'





=o|

Cleyton disse...

Daria uma música. Adriana Calcanhoto cantaria bem. Ou Vanessa da Mata...

Beijos.

Emerson Souza disse...

É isso aí, esperança sempre. rs.
Bjus.

.leticia santinon disse...

Que bonito Paula, eu ainda não cheguei a não precisar mais pedir, me ensina?

Ana... disse...

Que lindeza linda!!!

Isso foi bonito D+.....

ai...ai...

Ana... disse...

ha eu duvido vc aparecer e postar mais um destes....rrsrrsrrs

ah não some não...gosto tanto daqui...

fico menos só...

beijão

di disse...

na busca do sorriso que não vai embora...